Eu sou o pão vivo | C. Silva


Este cântico, bastante conhecido pelos nossos coros e assembleias, é sempre uma boa opção para o momento da Comunhão. A versão que apresentamos contém um acompanhamento organístico escrito pelo próprio autor e publicado na NRMS 36. O Refrão pode ser interpretado a vozes mistas, conforme o apresentado na partitura (S, A, H), ou a vozes iguais ( S e T, A, B).


0 comentários :