Vós sereis meus amigos | F. Lapa


Vós sereis meus amigos se fizerdes o que vos mando
Eu pedirei ao Pai o Espírito Santo, que permanecerá convosco para sempre.



Hino de comunhão do 6º Domingo de Páscoa da autoria de Fernando Lapa. A sua composição teve em vista as comunidades e coros com poucos recursos musicais, patente na escolha de tonalidade, do número de vozes, do fraseado interno de cada voz, nas indicações de dinâmica mais precisas, etc.. Na antífona, deve sublinhar-se a diferença de intensidade entre os 1ºs compassos e o "diz o Senhor" dos compassos 5 e 6 (necessariamente mais piano). Deve pôr-se em realce a singela polifonia de "Eu pedirei ao Pai", bem como a conclusão, um pouco tensa, de "convosco para sempre" (onde parece importante respeitar o rit. notado, que pretende pontuar o fim da antífona, antes dos exultativos aleluia finais). O refrão deve ser calmo, evitando todo o movimento rápido que o confundisse com uma melodia de dança. O Salmo, a duas vozes, pode ser cantado, quer por vozes femininas, quer masculinas, ou mesmo alternadamente. Esta obra foi retirada do BML 100.



0 comentários :